Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Notícias’ Category

 

_DSC4819

Na scarpa da Borborema a aproximadamente 500 metros de altitude um conjunto de belas formas naturais estão guardadas para nós. Fomos lá conferir, e encontramos um lugar aconchegante, belo, de clima agradável e paisagens deslumbrantes.

_DSC6382

_DSC4699

_DSC4765

É verdade que a estrada não é legal, apesar da pouca distância da capital, aproximadamente 140 km (dependendo da rota). A estrada no trecho da RN 093 está repleta de buracos, por onde fomos e no trecho RN 003 por onde voltamos.

A região é de características secas, devido a um fenômeno conhecido como região de sota vento, que recebe nuvens do brejo de Araruna já sem forças e por isso com pouco poder de precipitação, que é ainda mais prejudicada pelas características de solo rochoso de granito, ficando impossível a perfuração de poços. Por outro lado, é por estas dificuldades a prefeitura mantem um tanque em meio as rochas para reserva de água, que por si só já é uma atração para se conhecer, pela bela forma e paisagem do entorno do tanque, um deleite para os olhos.

_DSC6338

_DSC6454

Borborema, a região que ninguém habita, em tupi, já não atende a seu significado com tanta precisão, porém guarda em suas formações rochosas, serras, vegetação, lugares de belezas e possibilidades de experiências impares.

O lugar chamado Monte das Gameleiras de onde pode avistar as cidades de Campestre, Tangará, Eloi de Souza e Araruna, é um enorme conjunto de mirantes naturais de acesso por trilhas diversas, de pequeno grau de dificuldade em sua maioria, porém, com boas opções para os mais aventureiros.

As possibilidades de desfrute é grande, pode-se fazer trilhas a pé, bicicleta, passeios a cavalo, rapel, escalada, e conhecer cavernas. Há também a possibilidade de um encontro com a natureza na sua mais antiga forma, em inscrições rupestres, que datam entre seis e nove mil anos e marcam a ocupação do lugar pelos índios Cariris. Índios que ainda hoje tem descendentes na região do Mendonça do Amarelão em João Câmara.

_DSC6257

_DSC6314

As inscrições rupestres estão próximas a cidade, 2km de distância, mas, não há sinalização indicativa adequada para chegar lá, o que exige um pouco de esforço para obter as informações, ou buscar apoio de guias locais. Para se ter uma ideia da importância histórica geográfica da região, as inscrições encontradas em Monte das Gameleiras datam mais antigas, três mil anos do que as de Lajedo de Soledade.

No quesito infraestrutura de hospedagem, há diversas pousadas com destaque para a pousada Pedra Grande onde ficamos hospedados. A pousada é construída em um conceito arquitetônico da Holanda e tem um belo e imponente moinho de vento, que faz do lugar um atrativo de contraste em meio as paisagens serranas. O serviço é muito bom, de boa culinária e um café da manhã bem servido. A hospedagem de doze apartamentos é confortável, mas não oferece TV, frigobar e interfone, mas afinal para quê, se o legal do lugar é ficar mesmo o mais desconectado possível do mundo urbano? Por outro lado pode se usar sinal de internet wifi, um pouco deficiente mas, suficiente para conferir os sinais de fumaça digital (rs). No restante a pousada tem piscinas e restaurante que oferece programação musical frequente para hospedes e público externo. Animais circulando pelas áreas de convivência e jardins também se tornam uma atração à parte.

_DSC4898

_DSC4775

_DSC4582

_DSC4610

_DSC6285Outra boa pedida é comer no restaurante Galinha da Serra, ambiente acolhedor, boa comida e atendimento além de uma varanda para uma vista incrível. O restaurante fica na beira da estrada antes da cidade e da pousada Pedra Grande. Há também o Lá na Roça que serve uma comida saborosa a exemplo da galinha caipira de excelente tempero. Este fica pouco antes da cede da cidade, também na margem direita sentido Monte das Gameleiras.

_DSC4577

Vista do restaurante Galinha da serra.

Texto e fotos: Vlademir Alexandre

Obs. Agradecimentos ao professor Plínio Sanderson que contribuiu com várias informações, um defensor do desenvolvimento na região.

 

 

Anúncios

Read Full Post »

O município de Acari estará bastante movimentado no próximo fim de semana. Será o Festival de Pescado do Seridó, uma grande oportunidade de realizar excelentes negócios, trocar experiências e aperfeiçoar as técnicas utilizadas na produção de pescado e no desenvolvimento do arranjo produtivo da pesca artesanal, turismo e artesanato potiguar. O evento ocorre de 29 de abril a 01 de maio, no largo de eventos do Acampamento Gargalheira.

O Festival é um evento já consolidado no calendário turístico da região do Seridó, que além dos pescadores é destinado a capacitação dos empreendedores, venda de produtos para a obtenção de renda, e uma oportunidade de divulgar, para um público diversificado, de empreendedores, formadores de opinião e visitantes de modo geral, as peculiaridades culturais, os atrativos e os principais produtos de cada município expositor. Visa incrementar o fluxo turístico, negócios futuros e a consolidação da Rota Turística do Seridó.
O Festival de Pescado é realizado pela Prefeitura Municipal de Acari e conta com o apoio do SEBRAE através dos projetos de Piscicultura e do Território Seridó.

Fonte: Blog No-Turismo

Read Full Post »

No domingo dia 10/04 às 10:30h no Fernandão Clube será apresentado um painel sobre turismo comunitário dentro do  1 o. Encontro de Cidadania e Governança no município de Porto do Mangue/RN. Tal evento está sendo promovido pelo articulador social Flávio Felipe da ONG  Terra Mar. Nessa oportunidade o servidor do INCRA e Professor da UERN Augusto Carlos Avelino T. de Carvalho irá falar sobre os limites e as possibilidades do turismo comunitário no referido município. Segundo Fávio, Porto do Mangue/RN, um dos cenários mais paradisíacos do estado do Rio Grande do Norte, que tem despontado recentemente para o turismo, busca uma integração ao turismo de forma autônoma, sustentável e solidária. O articulador complementa ainda que a organização dos agricultores familiares e dos pescadores é fundamental para isso. Assim se faz necessário  um debate qualificado sobre essa temática. Por fim, Flávio faz um convite à sociedade para participar do evento.

Read Full Post »

O  deputado Fernando Mineiro, através da  Assembleia Legislativa do RN vai realizar Audiência Pública sobre a “Revisão do Código Florestal Brasileiro”, no dia 13 de abril, às 9h, no Auditório Robinson Faria.

A iniciativa pretende discutir  a revisão do Código Florestal Brasileiro  que tem gerado profundas discussões em todo o país, por isso se faz necessário que o Rio Grande do Norte também se insira nesse processo. “O objetivo é acompanhar o debate nacional e, principalmente, analisar as repercussões e as mudanças propostas no meio ambiente e na economia do nosso Estado”,  afirmou Fernado Mineiro.

Foram convidados representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA/RN, Alvamar Queiroz; da Superintendência de Infraestrutura da UFRN, Hebert Helano Rodrigues; da Associação Brasileira de Criadores de Camarão, Itamar de Paiva Rocha; do Instituto Chico Mendes; do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN – IDEMA, Dr. Marcelo Saldanha Toscano; da Federação dos trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte, Ambrósio Lins do Nascimento; da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte/ FETRAF-RN, João Cabral de Lira; da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN; da Associação Potiguar Amigos da Natureza – ASPOAN, Francisco Iglesias; Coordenação Regional do Instituto Chico Mendes (ICMBio), Mary Carla Marcon Neves; e Chefe do Departamento de Botânica, Ecologia e Zoologia – UFRN, Alexandre Vasconcelos.

Read Full Post »

INFORMATIVO PÉ NA ESTRADA TRILHAS – COSTA BRANCA – 18 E 19 2010

Maiores informações acessar o site www.penaestradatrilhas.com.br

Read Full Post »

 

Agora classificar empreendimentos de acolhida como o da casa sede do PA São Francisco (Cerro Corá/RN) ficará mais fácil

 

Fonte: Rede Nacional do Turismo Rural. Acessado em 10/12/2010 00:00

Ajudar o turista nas suas escolhas, criar critérios para concorrência e atualizar a classificação brasileira, já defasada, foram alguns dos fatores que motivaram a adoção de um novo sistema

Brasília (09/12) – O Ministério do Turismo lançou nesta quarta-feira (8), em Brasília, cartilha com orientações básicas sobre sistema de classificação hoteleira. A publicação está dividida em capítulos que apresentam o histórico, tipologias, requisitos e procedimentos para adesão ao sistema, que começa a ser implantado ainda este ano. As cartilhas com as instruções estarão disponíveis para download no portal do MTur (www.turismo.gov.br) a partir da próxima semana.

O lançamento da cartilha precede a publicação da portaria ministerial que instituirá o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem. A partir da divulgação no Diário Oficial da União, prevista para os próximos dias, os empreendimentos interessados poderão se inscrever no sistema, que é de adesão voluntária.

O diretor da Secretaria de Políticas do Ministério do Turismo, Ricardo Moesch, fez exposição sobre o sistema durante o seminário Inovações em Políticas Públicas de Turismo: avanços e desafios. Ele abordou o caráter participativo e os modelos internacionais observados na elaboração do sistema. Disse que a necessidade de auxiliar o turista em suas escolhas, de possibilitar a concorrência e de atualizar a classificação brasileira, já defasada, foram alguns dos fatores que motivaram a adoção de um novo sistema.

“Tínhamos uma matriz rígida, custos elevados para a classificação e apenas uma matriz para todos os tipos de alojamentos”, explicou o diretor. Segundo ele, o sistema de classificação é mais um passo no esforço de qualificar produtos e serviços turísticos do país. O sistema prevê sete tipos de meios de hospedagem – Hotel, Pousada, Hotel-Fazenda, Hotel Histórico, Cama & Café, Flat e Resort.

Read Full Post »

Fonte: Rede Nacional do Turismo Rural. Acessado em  06/12/2010

Saiu o resultado da pré-seleção de empreendimentos da agricultura familiar no projeto Talentos do Brasil Rural – eixo produtos

02/12/2010

Brasília (02/12) – Cerca de 20 mil famílias de agricultores familiares, vinculadas a 99 centrais, cooperativas, associações e empresas, deverão ser contempladas pelo eixo “produtos” do projeto Talentos do Brasil Rural. A chamada pública do projeto, que recebeu 205 propostas entre setembro e novembro, pré-selecionou 99 empreendimentos, contemplando agricultores familiares e povos de comunidades tradicionais, como extrativistas, comunidades indígenas, quilombolas e ribeirinhos.

Os pré-selecionados devem enviar a documentação completa até 14 de janeiro para completar sua inscrição. A relação dos habilitados será divulgada em 20 de janeiro de 2011. Veja AQUI a lista dos pré-selecionados.

O objetivo da chamada Talentos do Brasil Rural – eixo produtos foi a de classificar e selecionar empreendimentos constituídos por agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais das cinco regiões brasileiras que trabalham com cosméticos, decorativos e utilitários (artesanato), alimentos e bebidas.
“O intuito é destacar a oferta de produtos diferenciados nos estabelecimentos que serão frequentados por turistas durante a Copa de 2014, de forma a agregar valor à oferta turística brasileira e inserir seus produtos neste mercado”, destacou a coordenadora-geral de Segmentação do Ministério do Turismo, Sáskia Lima.

Na área de alimentos e bebidas, os empreendimentos pré-selecionados trabalham com produtos como mel, babaçu, castanha de caju, castanha-do-brasil, baru, pequi, guaraná, pinhão, erva-mate, queijos, leite, cachaça, vinhos, variados tipos de geléias, sucos e polpas da biodiversidade brasileira.

Na área de decorativos e utilitários, foram selecionados empreendimentos que trabalham com matérias-primas como buriti, sisal, taboa, carnaúba, capim-dourado, indaiá, cipó, fibra de bananeira, restos florestais, entre outros.

No setor de cosméticos, os empreendimentos produzem sabonetes, xampus, condicionadores e cremes de matérias da sociobiodiversidade tais como babaçu, gueroba, castanha-do-brasil, andiroba, copaíba, cumaru, pau-rosa, breu-branco, mel, entre outros.

Talentos do Brasil Rural – O projeto Talentos do Brasil Rural tem dois eixos de atuação: o de produtos, para apoiar empreendimentos que produzam alimentos e bebidas, cosméticos e decorativos e utilitários; e o de serviços, para apoiar roteiros turísticos (VEJA AQUI CHAMADA DO EIXO “SERVIÇOS). O projeto é uma parceria entre o Ministério do Turismo, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Meio Ambiente, Sebrae Nacional, Sebrae RS e Agência de Cooperação Alemã, e conta com investimento de mais de R$ 3 milhões.

Em caso de dúvidas, entrar em contato:
E-mail: rural@turismo.gov.br
Telefones: (61) 2023.8166 – Brasília
(51) 3216.5132 – Porto Alegre

ASCOM

___________

Resultado da Pré-seleção da Chamada Pública Talentos do

Brasil Rural Agricultura Familiar

Amenities – Nordeste

Nome                                                                                                                                UF                Class.

ASSOC dos Artesãos de Produtos Agropecuários e Fitoderivados- AGROFITO   

RN                       2º

Decorativos e Utilitários – Nordeste

Nome                                                                                                 UF                Class.

COOP da Agricultura Familiar DE APODI – COOAFAP    RN                         8º

Alimentos e Bebidas – Nordeste

Nome                                                                                                                UF        Class.

ASSOC dos Produtores Agrícolas de Bebida Velha – APABV      RN              12º

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: